Professores

Realizadora:

CHRIS MATALLO | MASTERCLASS

A Carmen Miranda do TAP (Jornal The New York Times, Julho de 2006). Coreografa, dirige e produz espetáculos, ministra workshops por diversas cidades brasileiras e diferentes países. Foi atriz-cantora no elenco de New York, New York – o musical dirigido por José Possi Neto em 2011 e 2012 e a turnê de 2013. Prepara artistas e faz um trabalho de coach de tap dance aplicado a outras linguagens artísticas como canto e cena destacando nomes importantes do cenário nacional e mundial. Foi professora de tap dance no curo técnico de teatro musical do SESI- SP em 2015 e 2014. Coordenadora do curso de sapateado americano e do jazz dance do Clube Pinheiros de São Paulo. Ministrou aulas em várias edições do DC Tap Festival (www.dctapfestival.com) representando o Brasil como jurada, professora e performer. Foi homenageada pela UCTT na Filadélfia – USA como destaque de umas das sapateadoras do mundo em março de 2015. Foi supervisora de sapateado do musical Crazy for you no Brasil dirigido por José Possi Neto e protagonizado por Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em 2014. É agenciada pela Colucci Agentes (www.colucciagentes.com.br) e Divine Rhythm Productions em Nova York (www.divinerhythmproductions.com). A atriz, bailarina, sapateadora, coreógrafa, musicista e cantora Chris Matallo iniciou seus estudos em dança com apenas dois anos e meio e teatro com seis anos de idade no Jardim Encantado das Artes de Letícia Urban e Maestro Urban no interior de São Paulo. A única artista que sapateia e toca sax tenor e piano simultaneamente.
Graduou-se em Dança pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em 1993, e neste mesmo ano foi convidada para ministrar aulas de sapateado em Nova YorK. Foi pesquisadora do NICS (Núcleo Interdisciplinar de Comunicação Sonora- Unicamp) trabalhando com arte e tecnologia no projeto AtoContAto do coordenado pelo Dr. Jônatas Manzolli. Em 1997, e em 1998, apresentou o trabalho na Inglaterra e em 1999 em Viena, na Áustria. Posteriormente fez pós-graduação em artes na UNICAMP- SP. Estudou piano erudito e popular no Conservatório Musical Campinas Vitória Régia com dona Olga Normanha e aos 17 aprendeu sax tenor. Iniciou teatro aos seis anos e desenvolve seu trabalho artístico unindo a dança e elementos de outras linguagens artísticas como clow, canto e tecnologia. Estudou canto com Marcelo Onofri (erudito e popular), com Ronnie Kneblewski, Rafael Villar, Paula Capovilla entre outros.
No ano de 1995 fundou o Studio de Dança Christiane Matallo com cursos regulares de diversas linguagens de dança na cidade de Campinas. É a diretora artística e organizadora do Brasil International Tap Festival, desde 1999. Com o objetivo de popularizar a arte do sapateado já passaram pelo evento os melhores profissionais do mundo como destacando nomes como Jason Samuels Smith (padrinho do festival), Dormeshia Sumbry, Derick Grant, Barbara Duffy, entre outros. Também organizou o Sapateia São Paulo, que comemora o Dia Internacional do Sapateado (25 de maio) na cidade de São Paulo.  "The Girl from Ipanema", coreografia de sua autoria foi apresentada no St. Louis Tap Festival, na cidade de St. Louis nos Estados Unidos, em 2001, onde ministrou um workshop e fez performances, marcou o inicio da sua carreira internacional.
Desde 2004 apresentou ao lado contrabaixista Gilberto de Syllos o espetáculo “da Corda pro Pé”, que reúne música, dança canto e poesia. Nele Christiane dança, toca saxofone tenor, piano e percussão ao mesmo tempo em que sapateia, interpreta e canta. O espetáculo esteve em turnê nos Estados Unidos em 2005, 2006 e 2007. Em junho de 2006 Christiane Matallo lançou dois DVD´s de sapateado, até então inéditos no Brasil com o apoio da Só Dança. Além das aulas dirigidas a crianças e profissionais os trabalhos contam com clipes, jogos interativos e elementos históricos. Hoje os dvds são encontrados em mais de 40 países. Em julho de 2006 embarcou para os Estados Unidos para ministrar aulas de sapateado com estilo brasileiro no New York City Tap Festival a convite de Tony Waag e também para fazer performances no festival. De lá, seguiu como convidada de Chole Arnold e Jason Smith para o L.A Tap Festival em Los Angeles e em diversas cidades como New Jersey, Chicago e Filadélfia.
Desde 2006 desenvolve o sambateado (fusão de sapateado com samba) dentro do carnaval brasileiro na Escola de Samba Mocidade Alegre- SP.Em 2015 Christiane fez uma preformance do sambateado para a comunidade da  Beia-flor de Nilópolis  do Rio de Janeiro. No ano de 2007   aprovou a lei municipal 14.347-07 no município de São Paulo, que reconhece do "Dia Internacional do Sapateado" e que inclui a data no calendário oficial da cidade. Em abril de 2008 viajou para Stuttgart (Alemanha), onde ministrou workshops na New York City Dance School e na Base Militar Americana na Alemanha. Em 2009 voltou para Alemanha para o Tap Reloaded apresentando “da Corda pro Pé” e ministrando aulas. Faz curadoria, júri e ministra workshops em importantes festivais de dança no Brasil, destacando Passo de Arte, Dança Ribeirão, Joinville e outros. Em Junho de 2009 estreou performance ao lado do músico e instrumentista Derico do Prograna do Jô. Coreografa trabalhos de diversas modalidades para comerciais e eventos especiais.

Elenco Internacional:

JASON SAMUELS SMITH | MASTERCLASS

Em menos de uma década, Jason Samuels Smith (ator, coreógrafo, diretor) emergiu como um líder multi-talentoso no cenário do sapateado mundial. Ele recebeu o Dance Magazine Award 2009 e ganhou prêmios Emmy e American Choreography Award para "Coreografia Outstanding" para o número de abertura do Jerry Lewis / MDA Telethon em um tributo ao falecido Gregory Hines. Sr. Samuels Smith, também foi premiado com o Prêmio Humanitário Gregory Hines. Samuels Smith apareceu como convidado especial na série de sucesso da Fox ‘So You Think You Can Dance’, como coreógrafo para o Grammy e co-estrelou Dean Hargrove do "Toque de calor", um filme premiado curta turnê dinâmica em festivais de cinema de todo o mundo e disponível em DVD. Jason também é um artista destaque no filme do Outkast recurso "Idlewild’’. Um dos seus projetos em destaque é ‘’Charlie's Angels: Um tributo a Charlie Parker’’ que apresenta coreografia divertida sobre um trio de artistas americanas. Ele também co-fundou JaJa Productions apresentando original jazz com influências da música hip hop com apresentações nos Estados Unidos. Samuels Smith fez a turnê nos E.U.A e Índia com ‘’Jazz Portugal Suítes’’. É conhecido mundialmente como defensor e porta-voz da TAP e é o padrinho do Brasil International Tap Festival.

JEFF CALHOUN

Disney's Newsies (indicação ao Tony Award de Melhor Diretor), Bonnie & Clyde, Jekyll & Hyde, Gray Gardens, Deaf West's Big River (indicação ao Tony Award de Melhor Musical), Brooklyn, Annie Get Your Gun (indicação por Melhor Coreografia), Tommy Tune Tonite e The Will Rogers Follies. Jeff dirigiu a turnê “9 to 5” de Dolly Parton e as produções internacionais do Musical Disney High School 1 e 2. Jeff é um artista associado do The Ford's Theater em Washington DC. Ele também atua no Conselho de Administração da Covenant House International, entidade sem fins lucrativos que ajuda jovens desabrigados em trinta cidades de seis países. Ele adora ver o que você está pensando no Twitter @thejeffcalhoun.

Elenco Nacional:

MAESTRO CARLOS BAUZYS | PERCEPÇÃO MUSICAL

Diretor musical e Maestro de diversos espetáculos musicais em São Paulo e Rio de Janeiro, destacando: “Cantando na Chuva” (direção de Fred Hanson), “O Homem de La Mancha” (direção de Miguel Falabella), “Rio Mais Brasil – O Nosso Musical” (direção de Ulysses Cruz), “Cinderella de Rodger & Hammerstein” (direção Moeller e Botelho), “Nuvem de Lágrimas” (direção de Tania Nardini e Luciano Andrey), “A Madrinha Embriagada” (com Sara Sarres, Saulo Vasconcelos e Kiara Sasso), “Alô Dolly” (com Marília Pêra e Miguel Falabella), “Grey Gardens” (direção de Wolf Maya), “Xanadu” (com Daniele Winits e Thiago Fragoso) e “A Gaiola das Loucas” (com Miguel Falabella e Diogo Vilela). Foi também regente e maestro responsável de “Hairspray” (com Edson Celulari e Simone Gutierres) e “Sweet Charity” (com Cláudia Raia e Marcelo Médice).
Por “Cinderella de Rodger & Hammerstein”, foi indicado na categoria Melhor Direção Musical ao Prêmio Bibi Ferreira 2016 e ao Prêmio Botequim Cultural 2016.
Vencedor do Prêmio Bibi Ferreira 2015 na categoria Melhor Direção Musical, por “O Homem de La Mancha”.
Por “A Madrinha Embriagada”, foi indicado a Melhor Direção Musical no Prêmio Bibi Ferreira 2014.
Compositor e diretor musical dos musicais “O Pífaro” (direção de Iacov Hillel), “Aladdin” (Chaim Produções), “O Silêncio em Apuros” (direção de Débora Dubois) e “Kin Con Krof” (espetáculo vencedor do Prêmio Coca-Cola/FEMSA 2008 na categoria Melhor Música, com o seu grupo vocal ÓcTrombada).
Diretor musical e arranjador do espetáculo de sapateado “Tap&Tom” (direção de Felipe Galganni), realizado em New York, 2017.
Compôs, produziu e dirigiu também trilhas para teatro, circo e cinema, trabalhando em importantes grupos de São Paulo, destacando “Parlapatões”, “Lê Plat du Jour”, “Pia Fraus” e “Fractons”.
Bacharel em Composição e Regência pelo Instituto de Artes da UNESP.
Foi Coordenador da Área de Música do Projeto Educacional do SESI-SP em Teatro Musical, nos anos de 2014 e 2015.
Entusiasta da música a cappella e da música corporal, fez a direção musical do CD e Show AYÚ, do grupo Barbatuques, juntamente com Fernando Barba.
Nessa mesma parceria, foi também co-fundador da Orquestra Corporal.

MARINA COURA | MASTERCLASS

Sapateadora Profissional, Coreógrafa e Professora, nativa de São José dos Campos/SP, radicada em Florianopolis, proprietária da escola Garagem da Dança, desenvolve trabalhos pelo Brasil e no exterior (EUA). Há 20 anos iniciou seus estudos em Sapateado Americano. Professora há mais de 15 anos e coreógrafa, desenvolveu e dirigiu trabalhos que conquistaram importantes prêmios no cenário da dança. Como bailarina, dançou em palcos pelo Brasil, New York, Los Angeles e Chicago e atuou em programas de TV. Residiu em NY em 2009 e, desde então, aprimora sua técnica e sua arte em cursos internacionais com um renomado time de mestres da dança como Sam Weber, Jimmy Slide e Harold Cromer. Foi contemplada na competição de nível mundial (Tapograghy Competition), com a coreografia “Just Fun” (trabalho realizado junto ao coreógrafo Charles Renato), a qual representou o Brasil no Chicago Human Rhythm Project 2011.
Diretora da Garagem da Dança e da Cia. “Trupe TOE”, é coreógrafa e diretora artística dos espetáculos “Papo Brasileiro”, “Tap em Tom” e “Recriando Linguagens”, os quais circulam pelos palcos do Brasil e exterior. Foi também membro da mesa de jurados de festivais como: Mapa Cultural Paulista e Festidanca Fundadora e produtora do Floripa TAP (Festival Internacional de Sapateado em Florianópolis), ministra cursos e coreografa trabalhos também como sapateadora convidada. Em 2013, foi convidada como professora e sapateadora, para apresentar um espetáculo e ministrar cursos de sapateado e ritmos brasileiros no Chicago Humam Rhythm Project (CHRP) – Rhythm World, em Chicago (EUA). Foi neste momento, que o espetáculo “Recriando Linguagens no Sapateado Brasileiro” foi criado. Em 2014, foi como professora e coreógrafa convidada no festival de sapateado “DC Tap Festival”, em Washington D.C. (EUA). Ministrou aulas de sapateado brasileiro, além coreografar um trabalho novo para um grupo de brasileiros advindos de diversos estados do Brasil, onde o processo de criação e ensaio se fez através de recursos de internet e multimídia.
Todos os ensaios foram virtuais, e o encontro efetivo apenas no local do evento, inovando o processo de criação e desenvolvimento no mundo contemporâneo que hoje vivemos. Em 2015 foi novamente convidada a ministrar aulas e se apresentar no Rhythm World 25 – Chicago/EUA, representando sapateado brasileiro no aniversario de 25 anos do evento, junto a profissionais de diversos lugares do mundo.

LÁZARO MENEZES | SAPATEIOS

É considerado pelo público e grandes diretores como um multi-artista por sua virtuosidade enquanto, ator, cantor, dançarino, sapateador e palhaço e instrumentista.
Lázaro Menezes tem em sua trajetória diversos espetáculos e uma vasta experiência não só como ator, mas também como diretor, pois já trabalhou ao lado de grandes nomes do teatro brasileiro, destacando o conceituadíssimo Ulysses Cruz. Em seu mais recente feito, o ator não só criou, dirigiu e produziu, como também atuou juntamente com sua parceira, a atriz Kiara Sasso, no projeto do espetáculo autoral e musical O Palhaço e a Bailarina. Este espetáculo tem lhe rendido muitos elogios, pois também assina o texto desta produção. Atuou também no premiado musical O Homem de La Mancha, com direção de Miguel Falabella. Atuou e dirigiu juntamente com Ulysses Cruz a Via Sacra dentro das festividades da JMJ 2013. Compôs o Elenco dos especiais Criança Esperança em três edições (2010, 2011 e 2012).
Integrou durante 8 anos o grupo de teatro VIRAMUNDOS (RS) onde protagonizou diversas peças teatrais, como: Peter Pan, Timbrede Galo Um musical Gauchesco, Fantoches, Till Eulespeiegel, Barata Ribeiro 193 e O Menino Maluquinho, onde foi premiado em vários festivais. Estuda palhaçaria clássica e tem como Mestre nesta linguagem, Marcio Libar, que também foi diretor do seu espetáculo cômico A Missão O Show (2010). Premiado em festivais de teatro nacionais e internacionais, destacando o prêmio pelo projeto Viratrânsito com o espetáculo: Tô Sem Freio, na Suécia. Na televisão trabalhou com Renato Aragão em: Didi o Peregrino; fez a novela Salve Jorge e a minissérie Lara com Z na TV Globo.
Em 2016 estreou em O Palhaço e a Bailarina, Fábula Musical de sua própria autoria, direção e produção. O espetáculo foi campeão em público e críticas em suas duas temporadas de sucesso em SP. Em 2017 foi a vez de estrear como roteirista e diretor de Kiara Sasso em SILHUETAS, show solo protagonizado por sua esposa e parceira na produtora O Alto Mar Produções Teatrais. Este Show abriu portas e poucos meses depois Lázaro assinou roteiro, cenário e direção do show Freddie Mercury Revisited de Alírio Netto e Lívia Dabarian, da Poladian Produções.
Lázaro está atualmente em cartaz com o musical Cantando na Chuva no Teatro Santander, SP, e também dirigindo dois próximos projetos de sua produtora: o show Just 4 Show protagonizado por sua esposa e mais 3 cantoras/atrizes fabulosas e uma peça de teatro chamada A Audição.

ANDERSON COUTO

Atualmente Diretor Geral do novo empreendimento Casa MovA.C, Bem Estar e Arte, que traz um novo conceito unindo criatividade, colaboração e transformação em um só lugar. Durante sua carreira como bailarino esteve sob tutela de grandes figuras da dança como Francisco Silva e Roseli Rodrigues.
Como coreógrafo e diretor artístico fez parte de eventos importantes de grandes empresas. Participou com a Companhia de Dança Anderson Couto de importantes festivais de dança do Brasil. Como professor, vem construindo sua linha de trabalho peculiar, uma mistura de todos os conhecimentos específicos adquiridos e assimilados ao longo de sua formação e investigação do movimento, sua relação com o corpo que dança, com seu conceito estético e sua filosofia de vida.







FELÍPPE MORAES | CENA APLICADA AO TAP

Formado em interpretação para cinema pela NYFA, New York Film Academy em Miami-USA.
Ator e cantor, Felíppe Moraes começou sua carreira aos 15 anos no Teatro Popular do SESI de Sorocaba onde atuou em vários espetáculos sob a direção de Junior Mosko.
Frequentou as escolas de Atores Macunaíma e Wolf Maya. Aprofundou seus estudos no Grupo Tapa, com a supervisão de Clara Carvalho.
No Teatro Musical Brasileiro realizou vários espetáculos como: Miss Saigon, A Gaiola das Loucas com Direção de Miguel Falabella, Mamma Mia (T4F produções), Varekay-Cirque du Soleil, O Rei Leão - Disney e Chaplin, O Musical.
Na televisão participou da novela Cúmplices de um Resgate.